Comitiva do Som – nossos músicos são os melhores!


Na noite de ontem (23/11/2017), quinta-feira veranil, aconteceu no Teatro Prosa mais uma apresentação da Comitiva do Som. Projeto encabeçado por Celito Espíndola e que tem como objetivo realizar apresentações com artistas conhecidos regionalmente, além de sempre trazer convidados especiais.


O palco do teatro contou com um pan


teão de artistas de dar inveja a qualquer evento que se proponha a oferecer música de qualidade no cardápio. Compondo a banda, gigantes como Bosco (Alta Tensão, Made in Brazil, Bando do Velho Jack...) na bateria, Maestro Zé Vital nos teclados, Tião César na sanfona, Celito Espíndola baixo e voz, Gilson Espíndola violão e voz e, a mais nova deidade deste panteão, Pedro Espíndola na guitarra. Para ornamentar e enriquecer ainda mais as participações especiais de Paulo Simões na viola de doz


e cordas, Paulo Gê na voz e composições, além da cantora Melissa Azevedo e do baixista Thayson Gimenez.


Com um repertório quimérico, os músicos executaram composições de Gilson Espíndola, Paulo Simões, Geraldo Roca, Geraldo Espíndola entre outras que marcaram, e ainda marcam, aquela geração e as novas! Uma viagem pela MPB, rock, sertanejo raiz e o ritmo ternário da polca paraguaia e do chamamé. Uma fusão perfeita que só evidencia que nossos músicos são os melhores!


Alguns pontos altos da noite registrados em nossos corações como a participação de Paulo Gê, mesmo sob condição médica delicada, a execução de Sobre a Cidade Média do saudoso Geraldo Roca e uma belíssima homenagem a Délio e Delinha, ícones do sertanejo raiz do Estado.


Celito estava rodeado da família e de amigos de infância no palco, motivo de orgulho e muita emoção. Eu também posso dizer, e me gabar (por que não?), de que mais uma vez prestigiei e me emocionei ao som da guitarra onírica de Pedro Espíndola, músico de verdade e emoção incontestáveis e meu amigo de infância!


#música #músicaregional

8 visualizações

© 2020 por Leonardo T. Vieira.

Campo Grande, MS. Brasil.